1ª Olimpíada Mogiana de Robótica e 3ª Mostra Municipal de Robótica serão nesta terça e quarta-feira (24 e 25/10)

Estudantes de Mogi das Cruzes, Arujá e Suzano apresentarão na próxima terça e quarta-feira (24 e 25/10) o que aprenderam nas aulas de robótica educacional ao longo do ano na 1ª Olimpíada Mogiana de Robótica e da 3ª Mostra Municipal de Robótica Educacional, eventos organizados pela Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Educação de Mogi das Cruzes. A competição e a Mostra serão realizadas na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, na Rua Braz Cubas, 470, Centro. A abertura oficial será às 9 horas na terça-feira (24/10).

“A tecnologia já está inserida nas nossas vidas e a robótica proporciona um aprendizado que gera novas oportunidades para as crianças e jovens. Recebemos inscrições de escolas públicas e particulares que apresentarão seus trabalhos e participarão de nossa primeira competição. Mogi não para e continuamos avançando na educação de nossas crianças e jovens”, disse o prefeito Marcus Melo.

O objetivo dos eventos, organizados por uma equipe de orientadores de informática e o Departamento Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, é promover a integração entre os alunos da rede pública e particular, que desenvolvem projetos de Robótica Educacional em suas escolas. Na rede municipal de ensino de Mogi das Cruzes, o Programa de Tecnologia Educacional atende 67 escolas da rede municipal de ensino e 25,5 mil alunos, sendo 10,7 mil do programa Escola de Tempo Integral.

Foram inscritos oito trabalhos na 3ª Mostra Municipal de Robótica Educacional, que estarão expostos nos dois dias dos eventos. O horário para visitação será das 9 às 12 horas e das 14 às 16 horas. A terceira Mostra contará com trabalhos de pesquisa, realizados por alunos de escolas estaduais, particulares e municipais, que resultem no desenvolvimento de um protótipo robótico para solucionar problemas cotidianos ou melhorar e automatizar algum processo.

A programação da Olimpíada foi dividida em dois dias. A organização foi feita por sorteio. Na terça-feira (24/10) acontecerão as disputas na categoria “Seguidor de Linha” (simulação de resgate)”, a partir das 9 horas. Ao todo são 10 equipes participantes. Na quarta-feira (25/10), a partir das  horas, será a vez das 14 equipes inscritas da categoria “Sumô de Robôs”. Os juízes voluntários da competição foram treinados pelo professor Anderson Bruno Santos, proprietário do Instituto Cyberzukas de Educação Tecnológica. Desde 2014, Santos é juiz em etapas da First Lego League (FLL) e em 2016 foi juiz nas etapas estadual e nacional. Na Olimpíada Brasileira de Robótica é narrador oficinal desde 2015.

Neste ano, a EM Fujitaro Nagao, pioneira no projeto, foi finalista da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica e foi escolhida como a escola pública com melhor desempenho do Estado de São Paulo, fato que já havia acontecido em 2015. Outras quatro escolas municipais também desenvolvem o projeto, desde 2013: EM Cel. Almeida – Centro, EM Antonio Pedro Ribeiro – Moralogia, EM Prof. Dr. Jair Rocha Batalha – Braz Cubas, EM Profª Apparecida Ferreira Cursino – Jardim Universo.   (Kelli Correa Brito)  


Comentários no Facebook