ARTIGO: 8 Ideias para superar a crise e aumentar seus lucros

Business team meeting analysis financial chart together at cafe.with reflection from windows

1. Planejamento de estoque
O controle de estoque é algo fundamental para o sucesso de uma empresa. Calcular erroneamente ou ter itens indisponíveis pode representar a perda de grandes oportunidades.

O contrário também é prejudicial. Manter uma quantidade excessiva de produtos no estoque pode fazer com que a empresa precise descapitalizar um valor considerável, que pode pesar em outras decisões. Além disso, se for o caso, o prazo de validade dos produtos pode vencer.
Avalie alguns pontos:

Fornecimento do produto
Se sua empresa revende o material, avalie como é feito o envio e o tempo entre o pedido e a entrega. Verifique também se há valores de frete e qual seria a variação em compras maiores e menores. Se você é o fabricante, tenha clareza do tempo necessário para a produção.

Valor de compra
Registre os custos que representam cada item no seu estoque. Manter itens com alto valor sem rotatividade é deixar dinheiro parado, desvalorizando.

Saída do material
Verifique como é a venda dos produtos. Faça uma análise do que tem maior rotatividade e o que demora mais a sair. Lembre-se de considerar as datas sazonais, que concentram as maiores vendas.

Uma boa prática para melhorar o controle do estoque é definir responsáveis para cada operação. Este processo será mais fácil se você contar com sistemas informatizados para a gestão de estoque.

O bom planejamento consiste em encontrar o equilíbrio, sem deixar os itens parados e não perder vendas por falta deles.

2. Desenvolva parcerias
Seus fornecedores têm papel importante no seu negócio. Uma falha no fornecimento de suprimentos pode gerar grandes problemas no varejo, provocando impactos negativos na lucratividade.

Por isso, trate seus fornecedores com o mesmo cuidado dedicado aos clientes. Invista nesse relacionamento e, com certeza, você colherá bons frutos.

Em momentos de crise, qualquer oportunidade deve ser aproveitada. Se as empresas trabalharem em parceria, todas elas ganharão no final.

3. Aspecto visual
Quantas vezes você já comprou um produto simplesmente pelo visual? A arte da embalagem, o design e até mesmo o posicionamento dele na loja são fatores que influenciam muito a decisão de compra do consumidor.

Avalie a apresentação dos seus produtos e o valor que ela transmite aos seus clientes. Talvez, com uma simples modificação, você consiga alterar o visual e atrair a atenção dos consumidores. Faça testes e avalie a resposta do público.

No caso do e-commerce, fique atento à forma de exposição dos itens, garantindo que o material da loja tenha a qualidade necessária para passar uma imagem positiva para o cliente.

4. Marketing de conteúdo
O mercado se transformou. Como consumidores, buscamos informações para embasar nossas decisões de compra: não aceitamos mais aquelas vendas forçadas, com vendedores insistentes.

Com o compartilhamento de informações na internet, é fácil avaliar depoimentos, comparar produtos e analisar ofertas disponíveis.

Nesse sentido, o marketing de conteúdo se tornou essencial para as empresas que querem atrair novos consumidores e se estabelecer como uma referência no mercado.

Por meio de um blog, é possível oferecer todas as informações necessárias para encaminhar um determinado cliente para a compra, seja ele um expert no assunto ou apenas uma pessoa que está visitando a página por curiosidade.

5. Redes sociais
As redes sociais são ferramentas utilizadas diariamente, para diversos fins. Comercialmente, elas apresentam a oportunidade de criar ações com um ótimo alcance — e o melhor, com nenhum ou baixo investimento necessário.

Porém, não pense que basta marcar presença nas redes sociais para que seus números cresçam de um dia para o outro. É preciso muito empenho e dedicação, acompanhando o seu público-alvo, tirando dúvidas, ouvindo as reclamações e elogios.

As plataformas são acessadas por um número enorme de pessoas e as informações são públicas. Qualquer conversa e publicação podem ser facilmente compartilhadas com milhares de pessoas.

Então, preze pela identidade digital da sua marca: evite discussões e assuntos polêmicos e use as redes para promover a sua empresa e mostrar os diferenciais que ela possui.

6. Pós-venda
Oferecer um excelente serviço de pós-venda é uma das ideias para superar a crise e aumentar os lucros do seu negócio. Infelizmente, muitas empresas acreditam que o esforço acaba quando um cliente realiza uma compra. Não pense assim.

Um consumidor que tem uma boa experiência de compra, desde os primeiros contatos com a marca até soluções de possíveis problemas ou esclarecimento de dúvidas após o pedido, tem grandes chances de retornar e até indicar a empresa para os amigos.

Ofereça também uma variedade nos canais de atendimento. Com as diversas ferramentas apresentadas, como aplicativos de mensagens, chat online no site ou até mesmo as redes sociais, a distância entre o cliente e a marca é reduzida.

Uma empresa que deseja manter bons relacionamentos com o seu público deve prezar por atendê-lo de forma otimizada, no menor tempo possível e no ambiente mais confortável para ele.

7. E-mail marketing
Essa é uma das técnicas mais antigas de divulgação online. Porém, acredite: ela ainda é uma das mais eficientes. Criar e manter uma boa lista de contatos pode gerar grandes oportunidades.

Uma boa dica é segmentar o seu público de acordo com o seu conhecimento sobre as soluções e o seu estágio na jornada de compra. Dessa forma, você conseguirá enviar as mensagens certas para o público adequado.

8. Dispositivos móveis
Nossos celulares são praticamente extensões de nossos corpos. Utilizamos os dispositivos móveis como ferramentas de trabalho, conferimos e-mails, fazemos compras, realizamos transações bancárias, tudo isso com muita praticidade e facilidade.

Por isso, as empresas devem se preocupar sempre em criar ambientes responsivos, aqueles que não perdem qualidade de visualização se forem abertos em dispositivos móveis. Seu site, blog, conteúdos, tudo tem que ser adaptável para que seu público possa ter acesso onde e quando ele quiser.

Fonte: http://www.jet.com.br


Comentários no Facebook