Monitoramento por câmeras é ampliado em Guararema

Autoridades da Polícia Civil e Militar reconhecem a importância do trabalho de Centro de Segurança Integrada (CSI)
 
A Prefeitura de Guararema iniciou a primeira etapa da expansão do monitoramento por câmeras do Centro de Segurança Integrada (CSI). Como parte das festividades dos 118 anos da cidade, um evento reunindo o prefeito Adriano Leite, autoridades das polícias Civil e Militar; autoridades políticas; moradores; representantes de municípios vizinhos, que almejam implantar o monitoramento e o responsável pelo CSI, Secretário de Defesa Social, Edson Roberto Pinto de Moraes; marcou simbolicamente a entrega da expansão. Agora Guararema conta com mais de 100 pontos monitorados, incluindo todas as entradas e saídas da cidade e os residenciais “Paraíba do Sul”, no Itapema e “Pau D’Alho”, no Nogueira, além de aumentar a capacidade de armazenamento.
 
O CSI já demonstrou sua eficácia como ferramenta de combate à violência e ao crime contribuído muito na investigação e prevenção de crimes e acidentes, além de auxiliar em outras questões atuando de maneira integrada com as polícias, Bombeiro, Samu e Divisão de Trânsito. As imagens são acompanhadas em tempo real, 24 horas por dia.
Em um ano de funcionamento, os resultados foram satisfatórios com a queda nos índices criminais. De agosto de 2016 a agosto de 2017 os crimes praticados com carros sofreram redução de 42%, no caso de Roubos e de 50% nos Furtos. Já a prisão por Tráfico de Drogas aumentou em 33%. Nenhum homicídio foi registrado neste período.
 
O projeto de ampliação de monitoramento faz parte do plano de governo do prefeito Adriano Leite, que priorizou os investimentos na Segurança. Segundo ele, esta é a primeira etapa da expansão e a intenção é de que no próximo ano este monitoramento seja expandido também para os bairros da Região Norte. “O investimento na Segurança deve ser contínuo, por isso já estamos programando a segunda etapa da ampliação. Os resultados que tivemos neste primeiro foram muitos satisfatórios, a tecnologia é muito importante, mas, sobretudo a parceria que temos com as polícias e o empenho dos profissionais têm sido fundamental para o êxito das ações”, disse.
 
O delegado seccional de Mogi das Cruzes, Dr. Marcos Batalha falou sobre o trabalho desenvolvido no município. “A informatização da segurança auxilia, mais do que no planejamento de ações, mas na busca pela verdade dentro de um inquérito policial e isso é muito importante e é o que tem contribuído para a queda das estatísticas criminais”.
A comandante do Policiamento de Área Metropolitana 12, Coronel Mônica Puliti Dias comparou Guararema a outros municípios e a reconheceu como exemplo. “Guararema é um case de sucesso que deveria ser imitado por outros municípios”, finalizou.

Comentários no Facebook